[Dicas] Razr D1: Primeiras impressões




Fala galera, beleza?  Hoje escreverei sobre o Razr D1, mas não será exatamente um review, aqui passarei minha opinião sobre este smartphone, portanto não serei imparcial. Só para adiantar, não mostrarei muitas especificações técnicas porque se trata apenas de relatos sobre minha experiência com o smarphone.

Design agradável

O design do D1 é bonito, apesar de ser feito em plástico. Eu adquiri o aparelho na cor preta, porém também está disponível na cor branca. O preto é fosco, tem boa pegada, mas não me passou muita segurança porque é muito escorregadio. Apenas uma parte que fica perto da câmera e o logotipo da Motorola são brilhantes. Os parafusos nas laterais também incomodam alguns; eu pessoalmente não ligo muito, preferia que não estivesse lá mas não deixei de comprar o produto por isso; na versão preta eles aparecem pouco, mas na versão branca eu achei feio, parece celular de brinquedo (vi alguém dizer isso e concordei).

 Tela

A resolução de tela não é algo que agrade muito, com uma resolução de 320x480 é possível facilmente ver os pixels na tela, porém o brilho e as cores, ao menos na minha opinião, amenizam esse problema. Além disso o touch é muito sensível, muito mesmo, muitas vezes ele executa o comando antes que meu dedo encoste na tela, além disso eu consigo facilmente usá-lo com luvas de borracha (daquelas de lavar louça).

 Sistema limpo, com modificações realmente uteis

Com a aquisição da Motorola pela Google é de se esperar que os smartphones daquela venham com poucas modificações no Android, e é o que acontece. No D1 não existem aquelas coisas pesadas, desnecessárias como em alguns aparelhos da Samsung, por exemplo. Dentre algumas das poucas modificações podem-se destacar os widgets em círculos, o painel de ajustes rápido que pode ser acessado deslizando para a direita na tela principal e o smart actions, que executa ações no smartphone como o usuário definir. Outra coisa muito interessante é o Guide Me, um aplicativo que ensina tudo para o usuário, até a usar o touch mostrando que a Motorola adaptou o D1 para aqueles que nunca tiveram um smartphone.

 Garantia de atualização

Mais um lado bom aquisição da Motorola pela Google é a garantia de atualização do OS nos aparelhos da Motorola. Segundo a fabricante o D1 terá sim atualização, só não sabemos se será para Android 4.3 ou para o 5.0.

 Câmera boa, até mesmo em pouca luminosidade

A câmera de 5MP do D1 me surpreendeu até, a tecnologia HDR presente nela é realmente impressionante. É claro que sem flash as fotos não saem tão boas em ambientes com pouca luz, mas também não deixa tanto a desejar, ela cumpre o que promete. Deve-se atentar que, como já citado, o smart não possui flash, logo não se pode exigir muito de fotos tiradas em pouca luminosidade, mesmo assim "quebra um galho".

 Fluidez

O hardware, apesar de modesto, consegue rodar o JB muito bem, responde bem aos comandos e até agora não notei engasgos nem travamentos, ainda que rodando alguns aplicativos em segundo plano. O D1 vem com um processador single-core de 1GHz e 1GB de memória RAM.

 Desempenho em jogos

Eu sinceramente não sou de jogar jogos muito pesados, e quando  faço isso é no tablet. Até agora só testei Dead Trigger no D1 e rodou muito bem, o único problema é a tela, fica muito serrilhado, mas sem travar nem dar lag. Já vi relatos de que o D1 roda até GTA 3 sem engasgos, porém não testei.

Pouca memória interna

A memória interna é algo que me incomodou, eles podiam ao menos ter lançado uma outra versão com pelo menos 8GB (aproximadamente 4,5GB para o usuário). Eu sei que foi tudo para cortar gastos e deixar o smartphone mais barato mas 2,3GB é pouquíssimo espaço, ainda mais para quem não tem outro aparelho Android para instalar jogos. Para aqueles que não jogam nele ou nem ligam para isso esse espaço é mais que suficiente. Devo lembra-los que no D1 não é possível mover aplicativos para o cartão SD sem ter acesso root(se tem dúvidas sobre o que é isso clique aqui).

TV

Bem, a TV, não tenho muito a dizer. Usei poucas vezes, nunca pegou sinal direito, mas eu também nem me esforcei para tentar melhorar isso. Pode ser minha cidade que não pega sinal direito, ou minha casa, não sei. Mesmo assim consegui algumas vezes ver um pouco, a imagem ficava ruim mas o áudio saia muito bom.

Bateria

A bateria do D1 é excelente, comigo chega a durar pouco mais de 2 dias, usando wi-fi e jogando algumas vezes. Já vi relatos de duração de até 3 dias e não duvido. Devo ressaltar que o meu durou isso porque não uso meu smart para ficar muito tempo em facebook, faço isso só algumas vezes.

Valeu a pena cada centavo

Diante de tudo isso posso lhes dizer que não me arrependo em nenhum momento de ter comprado esse smartphone, ele só tem me surpreendido, além do custo ser até menor que de concorrentes que, francamente, nem podem ser chamados assim porque não dão conta de concorrer com ele. Comprei o meu no site das Casas Bahia, chegou rapidinho, com tudo na caixa certinho, lacrado. Fiquei bem apreensivo no início pois não confiava muito na Motorola, mas vejo que eles estão fazendo um bom trabalho. RECOMENDO este smart.


Bem gente, por enquanto é só isso, estou com meu D1 faz duas semanas, não mexi muito porque não tive tempo, mas se eu notar algo diferente ou conseguir mais coisas para falar eu volto e coloco aqui ok? Muito obrigado aos que leram e espero que tenham gostado e que isso tenha ajudado.



[Dicas] Razr D1: Primeiras impressões
por Guilherme Ferreira
Classificação: 5
Fala galera, beleza?  Hoje escreverei sobre o Razr D1, mas não será exatamente um review, aqui passarei minha opinião sobre este sma...