Bular Internet da Oi 3G e deixar sem redução de velocidade no Android

Internet ilimitada da Oi 3G sem redução de velocidade no Android

Muita gente que usa internet no celular já está cansado de ter uma navegação horrível após ultrapassar a franquia de dados das operadoras. Algumas pessoas já conseguiram burlar a redução da Vivo com o uso de Proxys. Hoje eu irei ensinar como burlar a redução do pacote de 100 MB da Oi que deixa a conexão à míseros 50 Kbps. 


Primeiro de tudo, tenha pelo menos 9,90 de crédito em seu celular. Ligue para *3530 e aguarde a mensagem de confirmação. Pronto, você contratou o pacote de 100 MB. Use-o até o fim, quando ultrapassar os 100 MB vai surgir uma mensagem avisando sobre a redução.

Vá nas configurações de APN (Ponto de Acesso) e crie uma nova conta desse jeito:
APN: gprs.oi.com.br
Proxy: em branco
Usuário: velox4
Senha: 41587269
Protocolo: IPv4
Tipo de autenticação: CHAP

Salve e ative essa APN. Mude a rede para apenas 2G em seguida para apenas 3G, sua internet vai estar a 1 Mbps. 
Se não funcionar, deixe automático entre 2G/3G.



Veja o tanto que usei de Internet nos últimos dias: 




Realmente foi muito mais do que apenas 100 MB. Agora veja um teste de velocidade: 




Muito melhor do que míseros 50 Kbps. Faça por sua conta e risco, não garanto que funcione em todos o Brasil e nem todos os lugares há cobertura da Oi. A Oi está conseguindo "quebrar" a conexão para voltar a redução, o que está tornando mais difícil burlar seu sistema de redução de velocidade.




Atualização do dia 8 de Janeiro de 2015: Infelizmente como eu pude verificar, assim como outros usuários, esse método não funciona mais, algumas pessoas ainda conseguem, mas no geral, parou de funcionar. A Oi ainda continua com sérios problemas de redes que permite burlar a velocidade (um jeito deles é comprar o pacote diário logo após meia noite e só usar depois que amanhecer, aqui funcionou comigo várias vezes e não tive redução). Eu recomendo vocês usarem o aplicativo Psiphon para tentar navegar de graça. Disponível para PCs e Android.

Creditos ao blog Webber Anohito